top of page
  • Uillian Trindade Oliveira

Projeto poético reúne criatividade e afeto no contexto da pandemia

O ISOLAMENTO SOCIAL IMPOSTO PELA COVID-19 FOI TEMA DE DOIS SARAUS VIRTUAIS E RESULTOU EM DUAS REVISTAS ON-LINE CHEIAS DE SENSIBILIDADE.


Trabalho "Os movimentos", de Monique Ramos Costa, Salvador (BA).


 

Com o objetivo de estreitar os laços afetivos entre os membros da comunidade acadêmica da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), em um momento que, em função da pandemia de covid-19, as pessoas precisavam de se reinventar com o isolamento social. Se a pandemia não possui fronteiras, a arte e a poesia também não. Assim, nasceu o projeto de extensão Sarau Virtual Mande Notícias, para com poesia e trabalhos visuais pudesse unir as pessoas remotamente.


Idealizado pelo professor Uillian Trindade Oliveira, em parceria com outros docentes e estudantes, o evento cumprindo seu propósito desde o seu embrião, avançou para além dos muros da UFOB, alcançando outras cidades, outros estados e até outros países. Vieram “notícias” do interior da Bahia e de estados como Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Mato Grosso, Goiás, Alagoas. Ultrapassando os limites desse imenso Brasil, outras chegaram a partir do Paraguai, Portugal, Estados Unidos, Romênia e Itália.


Em 5 de junho de 2020, às 19h, em uma noite de lua cheia, via Google Meet, encontraram-se pessoas que há muito tempo não se viam, bem como aquelas que estavam se conhecendo naquele momento. No ambiente virtual, por meio de poemas e trabalhos visuais, todos compartilharam seus modos de vida, suas formas de reinvenção, suas angústias, preocupações; mas, acima de tudo, estava entre todos, a esperança de que dias melhores viriam.

















No ano de 2021, o Segundo Sarau Virtual Mande Notícias, ocorreu mais uma vez ainda em meio à pandemia de Covid 19. Infelizmente, os anseios no evento que ocorreu no ano anterior, ainda não haviam sido concretizados, no sentido de que estariam livres do vírus, e a pandemia finalizada. Com o tema poesia para persistir na existência, acreditavam que quanto mais potencializasse a vida com arte e poesia se tornariam mais potentes para enfrentar tal adversidade que fez muitos tombarem nesta batalha. Então, na noite do dia 25 de junho de 2021, novamente se encontraram, outros artistas/poetas - poetisas foram incorporados à família. O que se viu, foi um misto de decepção pela pandemia ainda estar ativa; mas, percebeu-se em cada um dos participantes que ainda persiste a esperança de dias melhores.


Nestas antologias de 2020 e 2021, emoções e pensamentos vêm acompanhados de belas ilustrações, produzidas pelos próprios autores. são palavras que, paralelamente, se transformaram em pinturas, fotografias, desenhos, crochês, mosaicos e esculturas de papel machê.


Por esse caminho da arte e poesia, todos vão atravessando essa densa “tempestade”, apoiando-se, produzindo e compartilhando arte e poesia, para deixar o mundo mais leve, mais colorido e mais humano.


 

GALERIA


PRIMEIRA EDIÇÃO (algumas imagens)

SEGUNDA EDIÇÃO (algumas imagens)

*|*



Uilliam Trindade Oliveira, professor da UFOB.

118 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


Post: Blog2_Post
bottom of page